domingo, 8 de março de 2009

Marcas ou Qualquer coisa que vier a mente.

Olá pessoal!

Desculpem a ausência do blog, mas garanto que voltei de vez e prometo postar pelo menos umas 2x por semana. Não vou falar sobre propagandas ou ações nesse meu 1º post de 2009 queria tratar de um assunto que me incomoda muito e que aqui em minha cidade é uma prática comum, imagino que na de vocês também possa ser mas se não for, levantem as mãos para os céus.

Estou falando no desrespeito com a nossa profissão e sobretudo com o cliente, não vou falar aqui dos micreiros acho que isso já é assunto batido, pois qualquer um que acha que sabe mexer em um softwere que produz imagens vetoriais pode ser um designer e fazer o que bem entende, em parte pode até ser culpa nossa, pelo menos aqui não vejo muitos designers se esforçando para regulamentar a profissão. Bem, eu já trabalhei em algumas agências e fiquei abismado com a falta de consideração com os profissionais da área e nem preciso comentar dos estagiários certo?! Pois bem, cansei de ver "MARCAS" se é que posso chamar de marcas, aquilo que foi criado sem nem mesmo rabiscar um rough e nenhum tipo de metodologia ou pesquisa de similares, análise de concorrentes serem criadas em menos de 5 minutos direto no computador.

Sei bem que são poucos os donos de agências daqui que possuem alguma formação na área, e é ai que vem o que pra mim passa dos limites, eles nos contratam por dizerem que somos capacitados para desenvolvermos os projetos, seja de uma marca, sinalização de um espaço, um folder, panfleto, etc. E quando pomos em prática o que aprendemos na universidade, vemos em livros de profissionais que muitas vezes são considerados os mehores em nossa profissão, estamos errados, ou sem nenhum motivo aparente o chefe fala: "Não gostei disso, coloce isso assim e mude a cor." E ainda tem aqueles que vivem se gabando que são bons, não vou negar que nem sempre estão errados, afinal a experiência ensima tanto quanto uma instituição de ensino, entretando, ter experiência sem ter nenhum embasamento teórico não resolve muita coisa.

A primeira frase que ouvi quando entrei na universidade foi: "Esqueçam o que vocês gostam ou não, pensem em funcionalidade e que seja também esteticamente agradável, ai vocês estarão pensando como designers." Infelizmente aqui na cidade que eu moro temos poucas agências e escritórios que tenham sido formados por profissionais de publicidade ou designers e sinceramente espero que esse quadro mude, e que nossa profissão seja mais levada a sério.

Mr. Iu

3 comentários:

Juliano Santana disse...

Quem é vivo sempre aparece.
Bom retorno!

Blog@Dois disse...

Muito obrigado! =D
Também estou feliz por ter retornado ^^

Rebecca Agra disse...

E agora quem aparece sou eu!
XD

Quanto ao texto. Paciência...
São ossos do ofício.
Nossa profissão é nova e ainda vai passar por muita coisa antes de ser reconhecida. Ainda por cima vivemos em um país onde o design ainda não é levado tão a sério pelos empresários.
Vamos continuar fazendo sempre o melhor!
Água mole, pedra dura...

=D

tracker